BEEROCK

Eu Recomendo!

EU RECOMENDO! - RICARDO (POISON GOD)

Ricardo “Those” Sarcinelli. Vocalista e letrista da banda Poison God.

O Poison God lança em julho seu primeiro álbum. “Daemoncracy” apresenta uma banda perigosa, técnica e pesada. Podemos afirmar sem erro que hoje o Poison God pratica um som único, resultado do encontro de suas influências do death e thrash metal dos 80’s aliadas a uma concepção vanguardista.
As letras e todo o ambiente criado para “Daemoncracy” passeiam por um Estado totalitário e opressor que controla a população através do medo, da ignorância e do uso desmedido da força bruta.
As obras “V de Vingança” (Allan Moore e David Lloyd), “1984” (George Orwell) e “Admirável Mundo Novo” (Aldous Huxley) serviram de base para a criação do conceito do álbum.
Nada será como antes. Bem-vindos ao novo governo!

Disco que mudou sua vida: KISS “Creatures Of The Night”: na época o heavy metal era um estilo marginal e o KISS iria tocar no Brasil. “Creatures...” estava estourado em todo o mundo e lembro que na escola montei  uma “bandinha cover” com mais 3 colegas...devíamos estar na primeira série! Numa apresentação para os pais lembro-me de ter levado bombinhas, destas de São João, no bolso que joguei no meio dos pais. Minha maquiagem era do Gene Simmons....sempre gostei mais do “lado negro da força”. Esse disco é a pedra fundamental da minha opção musical.

Pra ouvir no verão: Bon Jovi “Slippery When Wet”. Esse é o típico álbum clássico de Hard Rock “Farofa” que eu adoro. O Bon Jovi é uma das bandas que eu mais gosto pois eles constróem as músicas de forma proposital para serem hits e isso é muito difícil. Além do  mais Jon e Dave são exímios vocalistas. Bon Jovi é foda!

Pra ouvir em dias de chuva: Pink Floyd “The Final Cut”. Apesar de “The Wall” ser uma unanimidade quando o assunto é Pink Floyd, meu álbum favorito é o “The Final Cut”. Roger Waters conduziu um álbum conceitual,  intimista e cheio de nuances depressivas. Excelente disco!.

Pra ouvir dirigindo: AC/DC “Back In Black”. Porra, esse muda a toda hora pois adoro dirigir ouvindo álbuns de Hard Rock e este é um dos favoritos. Mas dependendo da duração da viagem pode rolar algo mais leve ou mais pesado. De qualquer forma o AC/DC destrói!

Pra transar: Marvin Gaye “What’s Goin On”. Marvin Gaye é um artista incomum. Só de botar um cd dele pra tocar a mulher já vai abaixando as calcinhas! E vc ainda marca pontos no quesito “bom-gosto” porque isso aqui é música de altíssimo nível.

Pra ouvir chapado: Motörhead “Ace Of Spades”. Poderia ser qualquer um do AC/DC também, mas o Motörhead é foda! Poderia também ser qualquer album dos caras, só escolhí este por ser clássico absoluto , mas o que vier junto com cerveja e whiskey é bem-vindo!

Pra ouvir numa forte deprê: Depeche Mode “Songs Of Faith And Devotion”. Depeche Mode é uma das minhas bandas favoritas. Dave Gahan é meu vocalista predileto. Obviamente  isso nada tem a ver com metal, mas meu universo musical não se limita a estilos. Também não sei o que é depressão, mas quando estou “meio pra baixo” gosto de ouvir este álbum fantástico.

Disco que salvaria da sua casa pegando fogo: No caso de só restar uma cópia: Poison God “Daemoncracy”. O caralho que eu vou deixar pegar fogo no meu disco. Os outros  eu compro depois!

Disco pra inspirar: Carcass “Heartwork”, Morbid Angel “Blessed Are The Sick” e Obituary “Slowly We Rot”. Antes dos shows costumo escutar  estes albums . Prá mim os melhores trabalhos de Death  Metal já produzidos.

Pra quebrar tudo: Slayer “Reign  In Blood. Banda e álbum dispensam maiores comentários. Deuses.

Disco pra todos os momentos: The Beatles “Abbey Road”. O melhor álbum já lançado, em todos os tempos.

ACESSEM: WWW.POISONGOD.COM

Escrito por ALYSSON - 09h25
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - LEKO (LOTHLÖRYEN)

Confiram os discos que mais fazem a mente de Wesley Soares, o “Leko”, compositor e guitarrista solo da banda Lothlöryen.

Disco que mudou sua vida:
The Number of the Beast.
Meu irmão comprou o cd e agente num tinha nem aparelho pra ouvir. Então íamos na casa de um amigo mais playboy e ficava pirando com o Maiden até gastar a bolacha.

Pra ouvir no verão:
Slave to the Grind (Skid Row).
Baladas como In a Darkened Room ou músicas como Psycho love e livin´ on a change gang me lembram praia, mulherada, cervejas.

Pra ouvir em dias de chuva:
Wake of Magellan (Savatage).
Nada melhor que a trilha sonora da viagem do navegador espanhol Magellan pra animar os dias de chuva. Jon Oliva e Zack Stevens rules...

Pra ouvir dirigindo:
Black Album (Metallica).
O único problema é não meter o pé no acelerador em pedradas como Enter Sandmen, My Friend is Misery e Sad But True.

Pra transar:
Blaze of Glory (Jon Bon Jovi).
Acho que nem precisa falar mais nada, hehe.

Pra ouvir chapado:
The Best of (The Doors).
Jim Morrison inspira as bebedeiras. Uma vez assisti ao filme sobre ele e depois fui num show do Jethro Tull Cover. Fim da festa: Chapeira e náuseas, hehe.

Pra ouvir numa forte deprê:
The Cold White Light (Sentenced).
Pra mim e pra muitos, o Black Álbum do ano 2000, porém com uma conotação deprê e um Q de humor negro.

Disco que salvaria da sua casa pegando fogo:
Nightfall in Middle Earth (Blind Guardian).
Se tivesse que escolher uma última coisa pra ouvir na minha vida seria esse álbum com certeza.

Disco pra inspirar:
Nighfall in Middle Earth (Blind Guardian).
Se um dia eu conseguir 10% da genialidade contida nesse álbum, tenho certeza que a Lothlöryen emplaca um clássico, hehe.

Pra quebrar tudo:
The Number of the Beast (Iron Maiden).
Poderia citar qualquer outro do Iron, com exceção do Virtual XI. Sou aficcionado, pirei no álbum novo e pra mim os véinho ainda quebram tudo di cum força.

Disco pra todos os momentos:
Dark Side of the Moon (Pink Floyd).
Me diga que momento não é apropriado pra ouvir solos do mestre Gilmour, as viagens bem compostas do Wright, a coesão de Nick ou as inspirações e anseios do nosso amigo Waters?

Escrito por ALYSSON - 11h02
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! FABRÍCIO NOBRE (MQN)

Fabrício Nobre, vocalista da banda goiâna MQN e um dos sócios do selo Monstro Discos mostra seu eclétismo sonoro:

Disco que mudou sua vida:
Kiss - Creature of The Night
, ganhei com 6 anos, imagina o que aconteceu de lá para cá!

Pra ouvir no verão:
Jorge Ben - Samba Esquema Novo
, para descansar do rock um pouco!

Pra ouvir em dias de chuva:
Pata de Elefante - Pata de Elefante
, tá chovendo agora e estou ouvindo agora, a sensação é bem boa!

Pra ouvir dirigindo:
Fu Manchu - King Of The Road ou Rocket From The Crypt - Group Sounds, fodas para estrada! É som mesmo, perfeito para dirigir.

Pra transar:
Marvin Gaye ou Stevie Wonder
, porque são os favoritos da minha esposa para isso!

Pra ouvir chapado:
Mutantes - Technicolor ou  Zaireeka - Flaming Lips
, muito bom!

Pra ouvir numa forte deprê:
Radiohead - Ok Computer

Disco que salvaria da sua casa pegando fogo:
Os compactos todos... todos!

Disco pra inspirar:
ACDC e IGGY POP, tudo!

Pra quebrar tudo:
Nirvana In Utero!

Disco pra todos os momentos:
Beatles - Abbey Road

Escrito por ALYSSON - 09h21
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - PINDUCA (PROT[O])

Quem ouviu a última edição do programa Cidade Rock teve a oportunidade de conferir a sonzeira da banda brasiliense Prot[o]. Os caras já lançaram 2 plays pela Monstro Discos e são considerados por muitos, a melhor banda da nova cena independente do planalto central.

Entramos em contato com os caras e o vocalista e guitarrista Pinduca (no centro da foto) topou participar do quadro "Eu recomento", que você confere abaixo:

Em primeiro lugar, parabéns pela qualidade da programação da Rádio Cidade (Jimi Hendrix, Cream e Buzzcocks em um só programa é muito legal). Em segundo lugar, gostaria de agradecê-lo por ter recomendado o som do Prot(o). Para a gente, esse tipo de divulgação é super importante. Bem, vamos às respostas, então:

Disco que mudou sua vida:
London Calling (The Clash) -
Mostrou que o punk (e o rock, em geral) poderia deixar os preconceitos de lado e abrigar uma gama de influências: reggae, ska, rockabilly, jazz, etc.

Pra ouvir no verão:
Jesus and Mary Chain -
Para se quebrar o estereótipo de que verão é epoca de só se ouvir sons alegres e malemolentes.

Pra ouvir em dias de chuva:
Bob Marley ou Urban Dance Squad -
Pelo mesmo motivo: para se quebrar o estereótipo de que inverno é epoca de só se ouvir sons tristes.

Pra ouvir dirigindo:
Não tenho som no carro, mas imagino que Born to bem Wild, do Steppenwolf, seria uma boa música. Acho o motivo é a sensação de adrenalina que ela passa.

Pra transar:
O disco Axis: Bold as Love, do Jimi Hendrix, porque acho o solos da guitarra do Jimi Hendrix muito sensuais. Ou o hino internacional da sacanagem: Slave to Love, do Brian Ferry. O motivo é que essa música tem uma seção rítmica muito malemolente. É só entrar no ritmo e fazer o trabalho com a gata.

Pra ouvir chapado:
Sou careta. Não fico chapado. Mas acho que seria legal ouvir The Doors ou Led Zeppelin, porque são sons introspectivos, com músicas longas.

Pra ouvir numa forte deprê:
Já ouvi muito Joy Division e Smiths quando estava deprê, talvez para saber que existia alguém mais triste do que eu naquele momento. Neste caso, o Ian Curtis e o Morrisey.

Disco que salvaria da sua casa pegando fogo:
Acho que nenhum: minha vida vale mais que um disco.

Disco que mais odeia:
Não sei se odeio algum disco, não. Quando era adolescente, odiava o disco dos Paquitos, por motivos óbvios (eles eram uma farsa). Mas, depois, relaxei. Hoje, acho que não conseguiria ouvir um disco do Calipso, pois acho muito repetitivo.

Disco pra inspirar:
Revolver, dos Beatles, porque, como quase tudo que os Beatles faziam, trata-se de um disco perfeito, em matéria de composição e arranjo.

Pra quebrar tudo:
Olho por Olho, do Olho Seco. Trata-se de um disco inaudível, de anti-música. É a coisa mais brutal que já ouvi. A única coisa que o ouvinte tem a fazer é quebrar tudo. Outro disco de quebradeira é o split das bandas Ataque Epilético e Ofensor, pelos mesmos motivos descritos acima.

Disco pra todos os momentos:
Qualquer um dos Beatles, Bob Marley, Led Zeppelin ou The Clash, pois são as bandas que têm mais a ver comigo.

QUEM QUISER CONHECER O SOM DO PROT[O], O LINK TAE DO LADO. O SITE DOS CARAS CONTÉM VÁRIOS MP3 PRA DOWNLOAD.

Escrito por ALYSSON - 10h03
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - BIANO

Biano, 26, atualmente baixo e vocal da Breakneck, Guaxupé (o que ele espera que dure pra sempre). Já tocou em bandas como a Escape, onde foi baixista, Malkavianos onde era guitarrista solo, entre outras...

Disco que mudou sua vida:
Sepultura - Arise

Esse implantou toda ira e energia do thrash na minha alma, coração e corrente sanguínea!!!

Pra ouvir no verão:
Qualquer um do AC/DC
Você coloca uma bermuda, abre uma lata, e agita ao som do mais perfeito Rock n´ Roll.

Pra ouvir em dias de chuva:
Slayer - Reign in Blood
Como você fica ilhado em casa, dá pra ligar pra um disque cerveja e ouvir o álbum milhares de vezes, aproximademente 40 minutos o álbum completo.

Pra ouvir dirigindo:
Megadeth - Countdown to Extinction

Esse álbum é speed ao extremo, medalha de Honra ao Metal pro Mustaine.

Pra transar:
Dream Theater - Scenes from a Memory, Metropolis part II

Esse álbum tem altos e baixos impressionantes, e é assim que uma boa transa tem que ser, hora rápido hora devagar... (em minha opinião).

Pra ouvir chapado:
Iron Maiden - The Number of the Beast

Todo mundo canta e faz ô ô ô .....

Pra ouvir numa forte deprê:
Krisiun - Conqueros of Armagedon

Acaba com a deprê na hora !!!

Disco que salvaria da sua casa pegando fogo:
Bruce Dickinson - The Chemical Wedding
Não vou nem fala nada sobre esse álbum...

Disco que mais odeia:
Metallica - Kill´em All

Aqueles riffs me matam, não consigo, fica sem roda minha cabeça, meu pescoço quase se desloca, e fica doendo vários dias... uahuahuahauahu!!!

Disco pra inspirar:
Pain of Salvation - Remedy Lane

Esse álbum te inspira qualquer coisa, morte e vida, luz e trevas, certo e errado... simplesmente fudido !!!

Pra quebrar tudo:
Cannibal Corpse - Live Cannibalism
Implacavelmente fuderoso!!! Ver o video então não tem preço !!!

Disco pra todos os momentos:
Led Zeppelin - Remasters
Puta coletânea fudida e tem música pra todos os momentos "up and down" da vida!!!

Escrito por ALYSSON - 09h27
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - FÁBIO FANTINI

Fábio "Conan" Fantini, uma das figuras mais conhecidas da "mirrada" cena rocker guaxupeana dissecando sua discoteca: 

Disco que mudou sua vida:
Black Album – Metallica

Onde começou tudo.

Pra ouvir no verão:
Raimundos - Raimundos
Eita disquinho bom pra tomar umas.

Pra ouvir em dias de chuva:
Reign Blood – Slayer
Música para dias de chuva é uma coisa muito indie....

Pra ouvir dirigindo:
Countdown to Extinction – Megadeth
Não dá pra ir devagar.

Pra Transar:
Official Live: 101 Proof - Pantera

A experiência foi ótima.

Pra ouvir chapado:
Afrociberdelia – Nação Zumbi
Ultimamente tenho feito muito isso.

Pra ouvir numa forte deprê:
Back in Black – AC/DC
Pra que ficar em deprê????

Disco que salvaria da sua casa pegando fogo:
Powerslave – Iron Maiden
Pra mim, o melhor disco da melhor banda... só isso.

Disco que mais odeia:
Todos - Bruno e Marrone
A gente tenta, mas não consegue ficar sem ouvir esses FDP em todos os lugares.

Disco pra inspirar:
Tingalaratingadum - Thuata de Dannan
Florestas, fadas, vinhos, ervas.... quer mais inspiração que isso?

Pra quebrar tudo:
Breakneck - Breakneck

É de deixar o pescoço doendo por vários dias.

Disco pra todos os momentos:
Toxicity - System of a Down

Alguns Conans poderão me crucificar por isso.. Hehehehe

Escrito por ALYSSON - 10h25
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - TCHITCHO - PARTE 1

Cristiano “Tchitcho” Oliveira de Sousa - Historiador, Guitarrista das antigas bandas Hate e Ratones, de Guaxupé. Apresentador do programa Porrada na Orelha que durou cerca de um ano e era transmitido pela Rádio Comunitária. Saudosista...essa lista é transitória e muda de tempos em tempos de acordo com meu estado de espírito...

Disco que mudou sua vida:
Adios Amigos - Ramones
Pode-se dizer que foi o meu primeiro cd de rock`n`roll mesmo...comprei por causa de uma música, e acabei sendo infectado pelos ramones naquele momento, aí não teve mais volta... I`dont wanna grow up, the crusher, life is a gás..e a romantica I love you…tem de tudo alí…foi um bom começo

Pra ouvir no verão:
Músicas para beber e brigar - Matanza

Verão combina com cerveja...cerveja combina com Matanza...confesso que essa foi a categoria mais difícil...fiquei em duvida entre Matanza e Velhas Virgens...Rock`n`roll etílico...na beira da piscina com gostosas ao redor...

Pra ouvir em dias de chuva:
Blue álbum - Weezer
Musicas de nerd que ficam em casa, com chuva ou não...o primeiro álbum do Weezer é fantástico, Say it aint so por exemplo é a musica perfeita pra ouvir no quarto, com uma chuvinha caindo lá fora...

Pra ouvir dirigindo:
Trilha sonora do Easy Ryder

Claro, born to be wild no volume máximo…pra quem nao conhece a trilha, temos também, alem do Steppenwolf (que tem 2 musicas, born to be wild e Pusher), The Byrds - Wasn't Born to Follow, Jimi Hendrix Experience - If 6 Was 9, The Band - Weight e a ótima Roger McGuinn - It's Alright, Ma (I'm Only Bleeding), dentre outras... Ótima trilha sonora com baladas e rock`n`roll na medida certa…

Escrito por ALYSSON - 16h22
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - TCHITCHO - PARTE 2

Pra Transar:
Hell Awayts - Slayer
Da primeira vez que ouvi este álbum pensei nisso... a cadência de Hell Awayts é perfeita...falta só arranjar uma mulher que concorde...infelizmente nunca consegui...mas continuo tentando... :-)

Pra ouvir chapado:
The Doors - The Doors
O primeiro album da banda, lançado em 69. clássicos como break on through, Crystal Ship, Alabama Song (essa é especialmente fantástica pra quem está chapado), light my fire...e pra finalizar The end (quando você já está num nível mais introspectivo de chapação...)

Pra ouvir numa forte deprê:
Bloody Kisses - Type O negative

Conheci esse álbum graças ao Torremo que me emprestou ele uma vez...black n. 1, kill all the white people, bloody kisses, christian woman...me fazem sentir um vampiro, alguma coisa do tipo...

Disco que salvaria da sua casa pegando fogo:
Stripped - The Rolling Stones

Esse álbum é uma espécie de acústico dos rolling stones...foi gravado ao vivo com versões acústicas de várias musicas, algumas conhecidas como I`m Free, Wild Horses, etc... e outras que eram músicas fantásticas dos stones, mas que ficaram meio que esquecidas...como The spider and the fly...Fantástico...

Escrito por ALYSSON - 16h17
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - TCHITCHO - PARTE 3

Disco que mais odeia:
Katinguelê ao vivo...

Nem sei se existe isso, mas serve de exemplo do tipo de música que eu odeio...

Disco pra inspirar:
Bossanova - Pixies

Esse é um album maravilhoso também...me faz pensar bastante...me trás boas vibrações...cecilian ann é a música perfeita pra abrir qualquer album/show....rock music, ana, is she wierd, dig for fire..inspiração e estilo de musica predileto...eu queria ser do Pixies e ter feito esse album, confesso...

Pra quebrar tudo:
Ao vivo no CBGB - RDP

Baixei este album recentemente, era o único que faltava pra completar minha coleção de Ratos, e por isso coloquei ele aqui...o legal dele é que tem musicas tanto da fase mais antiga e clássica da banda (brasil, crucificados, anarkophobia) quanto da fase mais nova (com os vocais “cante com um bolo na boca”), mas qualquer álbum do RDP poderia estar aqui...e foi gravado no templo do punk rock, o CBGB, em NY.

Disco pra todos os momentos:
Who`s Next - The Who
Juntamente com o Tommy, uma obra prima do rock`n`roll produzido pelo The Who...muito, muito, muito clássico mesmo...Wont get fooled again é incrível...pra mim uma das melhores músicas já feitas...

Escrito por ALYSSON - 16h15
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - CAIO MANCINI - PARTE 1

Hoje estreamos um novo quadro denominado “EU RECOMENDO!”. Duas vezes por mês, publicaremos as indicações de discos de algum rocker. Em dezembro de 2007 vamos postar uma relação com os plays mais indicados. Quem quiser participar basta mandar seus discos prediletos conforme o modelo abaixo, juntamente com uma foto pro e-mail beerocknet@yahoo.com.br. Se houver excesso de e-mails, vamos selecionar os melhores. Participem!

Estreando o quadro:

Caio Mancini
Designer de interface, programador web. Baixista, vocalista e barulhento...
Integrante da Malkavianos por 5 anos e agora com um novo projeto de som experimental misturando diversas influências de rock.

Disco que mudou sua vida:
Pink Floyd - The Wall

Foi o primeiro que peguei a letra para ler (mais ou menos em 1990) e descobri que era uma história! Ele foi o primeiro LP que meu pai comprou e comprou-o sem ter o toca discos (!!!). Depois dele comecei a me interessar mais pelas histórias dos discos, e também meio que "desprezar" LPs que não tinham encartes legais... fazer o quê, eu era muito moleque.

Pra ouvir no verão:
Uriah Heep - Live '73

Já curti muitas viagens com ele em beira de piscina degustando uma boa cerva na moral.
É a melhor apresentação ao vivo dos caras, com uma formação que curto muito. O som do baixo bem alto, teclado desossando e guitarra viajando demais. Vale a pena Easy Livin' e Gypsy.

Pra ouvir em dias de chuva:
Jethro Tull - Living in the Past

Só de ouvir Singing all Day já dá vontade de fazer um café quente e enrolar nas cobertas pra relaxar um pouco e deixar a mente ociosa me levar longe.

Pra ouvir dirigindo:
Audioslave - Out of Exile

Principalmente se for ouvir a faixa 5, Drown me Slowly.... não passar dos 12 km/h é quase impossível. O riff de contrabaixo durante o solo irreparavelmente esquisito de Tom Morello é matador! Uma das melhores "cozinhas" de rock and roll moderno.

Escrito por ALYSSON - 09h56
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - CAIO MANCINI - PARTE 2

Pra transar:
Led Zepellin - Led Zeppellin III

Da primeira a última (para não falar de cabo a rabo), é uma aula de como levar uma transa.
Dos amassos incendiosos de Immigrant Song passando pelas preliminares com Friends e todas as carícias de Tangerine, Gallows Pole... sei lá, pode gozar em Celebration Day para os mais selvagens ou em Since I've Been Loving You.... rs...

Pra ouvir chapado:
Cordel do Fogo Encantado - todos os 3 discos!

Eita!!! Hoje nada melhor do que o som que vem do nordeste, hã!
Considero o vocal o Syd Barret do sertão!!! Demais a fusão de referências e influências dos caras. Conseguem fazer um som simples porém muto bem arranjado com os recursos disponíveis.

Pra ouvir numa forte deprê:
Pink Floyd - The Final Cut

Deprê, baixo astral, choroso e todas as injúrias de quem está por baixo e quer continuar por baixo para repensar o que aconteceu.
Este disco é primoroso, sucedeu as idéias do The Wall, e foi finalizado no The Pros and Cons of Hitch Hiking (disco solo de Roger Waters). Muita gente odeia ele, mas é só seguir a história que dá para entender o porquê dele ser tão "down". Vale a pena ouvir Not Now John, guita trabalhadíssima com belos back vocals.

Disco que salvaria da sua casa pegando fogo:
Pelo menos dois né, CD é facinho de carregar (rs...). Echoes e Pulse do Pink Floyd, sem pestanejar.
Pelo menos fico com duas MEGA coletâneas de tudo de melhor que eles lançaram. Se bem que até prefiria carregar meu HD do micro se desse tempo, tem mais MP3 lá do que meu guarda roupa inteiro de CDs.

Escrito por ALYSSON - 09h49
[ ] [ envie esta mensagem]

EU RECOMENDO! - CAIO MANCINI - PARTE 3

Disco que mais odeia:
The Best of Axé, and butt's songs....
Tá, não tem um único, enquadro qualquer um que siga a linha de pensamento parte do corpo - repetição - dancinha - notas - rítmo para fazer alguma "música" ou então dor de cotovelo - peão boa pinta - nota - rítmo. Entendem? Sei lá, questão de gosto mesmo, sou músico, nada contra o trabalho dos outros músicos, mas não desce mais.

Disco pra inspirar:
Zé Ramalho e Lula Cortez - Paêbirú

Atualmente não tem melhor do que o progressivo antigão nacional. Creio que esses caras inspiraram muita gente boa que hoje todos chamam de "underground", pra mim são higher ground. Mistureba de influências, instrumentos inusitados. Tipo, um sax com berimbau!
Que que é aquilo!!! Tem que ter o preço que tem mesmo a bolacha!
Esses caras juntamente com os Doces Bárbaros, Mutantes, Secos & Molhados, O Terço e Som Nosso de Cada Dia podem se vangloriar de terem fundado um legítimo rock nacional e por quê não progressivo.

Pra quebrar tudo:
Led Zeppellin - Remasters
Relutei para não colocar uma coletânea, mas não deu. Para citar um único disco dos caras seria muita injustiça.
Nada melhor do que umas bebidas, muita gente, uma festa do caramba e no som algo como Communication Breakdown, Nobody's Fault But Mine. Tem até o momento chapado com a Stairway...

Disco pra todos os momentos:
Pink Floyd - Pulse / No Quarter Jimmy Page & Robert Plant

Não deu para ser só um... foda... mas sem comentários. Obras totais dos que para mim são influências musicais em tudo que faço musicalmente. As duas bandas fundaram um estilo musical, um estilo de vida e pensamento de toda uma geração de músicos.
Drogas, sexo, filosofia, outros mundos e planos, foram abordados por esses caras sem pudor!
Já ficam no rádio direto!

Escrito por ALYSSON - 09h43
[ ] [ envie esta mensagem]

[ ver mensagens anteriores ]

© Todos os direitos reservados.